Allergo
AGENDE SUA CONSULTA (44) 3622-6393

Artigos

Como funcionam as vacinas para alergia na asma? 08 de janeiro de 2018

A asma é uma das doenças respiratórias mais comuns, afetando cerca de 5% da população em geral (chegando a 10% em crianças) e tem algumas características peculiares:

- É uma doença crônica das vias respiratórias, que aparece como resultado da ação conjunta de fatores ambientais (ácaros da poeira, mofo, pólens poluentes, infecção respiratória por vírus), nutricionais (excesso de peso), hormonais (menstruar em idade mais jovem) e de genes herdados dos pais, que fazem com que alguns tenham mais chance de desenvolver asma (predisposição genética); 

-  Aproximadamente 70 a 80% das pessoas que têm asma são alérgicas; apesar de ser uma doença de longa duração, caracterizada por inflamação dos brônquios, a asma apresenta períodos de piora (crises) e de melhora, muitas vezes sem qualquer sintoma

- A pessoa alérgica possui uma resposta imunológica desequilibrada, por isso o alérgico reage de forma exagerada contra substâncias que estão no ar (pólens) ou na poeira (ácaros, fungos, pelo e caspa de animais domésticos e restos de baratas), que não causam nenhum mal para quem não tem alergia.

A vacina para alergia, chamada de imunoterapia com alérgenos, atua reequilibrando essa resposta imunológica do organismo. As aplicações repetidas de doses crescentes dessas substâncias fazem com que o sistema imunológico passe a reagir cada vez menos contra elas, diminuindo, assim, a inflamação crônica que a alergia provoca no revestimento dos brônquios (os canais por onde o ar chega aos pulmões).

Em pessoas que têm sintomas de asma desencadeados por aquelas substâncias (os alérgenos), o tratamento com a vacina ajuda a diminuir a frequência e a gravidade das crises e reduz a necessidade de uso de medicamentos para asma, o que acaba também diminuindo os gastos com o tratamento.

Nos asmáticos alérgicos, que também têm rinite (a inflamação alérgica do revestimento do nariz, que causa crises de coceira, espirros e coriza), as vacinas também são muito úteis, pois ajudam a controlar as duas doenças ao mesmo tempo. Importante que esse tratamento seja realizado por um médico especialista em alergia e imunologia, o médico alergista.

Fonte: http://www.asbai.org.br/imageBank/emescam_cartilha_asma_online_final.pdf





Avenida Rio Branco - 4332 - 87501-130 - Umuarama/PR - (44) 3622-6393
Facebook


Prestige